• BuzzQueer badge

Halle Berry pediu desculpas após ser criticada por seus comentários sobre interpretar um homem trans em um filme

"Como mulher cisgênero, agora entendo que não deveria sequer ter pensado em aceitar esse papel, e que a comunidade trans deveria ter a oportunidade de contar suas próprias histórias."

Halle Berry publicou uma declaração pedindo desculpas por seus comentários recentes sobre interpretar um homem trans em um futuro filme.

Robyn Beck / Getty Images

A atriz vencedora do Oscar falou sobre o papel em uma entrevista no Instagram Live no fim de semana. Conversando com a cabeleireira Christin Brown, Halle se abriu sobre o projeto depois que ela lhe perguntou se cortaria o cabelo bem curto de novo, e acrescentou que precisaria fazer isso para interpretar o personagem.

"É isso que eu quero experimentar, entender, estudar e explorar", continuou Halle. "É muito importante para mim contar histórias, e essa é uma mulher, é uma história feminina — que se torna um homem, mas quero entender por quê e como."

Dimitrios Kambouris / Getty Images

Após os comentários, a conta no Twitter do "Disclosure", um documentário da Netflix focado na representação trans na indústria do entretenimento, falou sobre a importância de pessoas trans interpretarem personagens trans.

Today is a good day to remind people that casting trans actors in trans roles is more than about opportunity. #DisclosureNetflix https://t.co/Ko2gjPHvnU

"Hoje é um bom dia para lembrar que colocar pessoas trans no elenco é mais do que só uma oportunidade."
"Ter atores trans fazendo papéis de pessoas trans é mais do que oportunidade."

Muitas outras pessoas também expressaram sua opinião nos comentários, dizendo que "papéis trans não são cosplay" e que a própria comunidade está "sob um ataque público sem precedentes".

Why do we have to have this same fucking conversation every god damn summer? Trans roles aren't cosplay for bored cis actors fishing for easy awards from other tonedeaf cis people. We are under unprecedented public attack and this shit. Isn't. Helping. https://t.co/1dn25nWqJX

"Por que temos que ter a mesma porra de conversa todo ano? Papéis de pessoas trans não são cosplay para atores cis entediados ganharem prêmios. Estamos sob um ataque público sem precedentes e essa merda não está ajudando."

Halle também foi criticada por usar o pronome "ela" e por se referir de forma equivocada ao gênero do personagem enquanto falava sobre o papel.

Cannot overstate the extent to which the way Berry misgenders and appropriates her character in this interview is how cis women habitually talk about trans men IRL. https://t.co/Y7n8mBmcjG

"Não consigo falar o suficiente sobre a forma como Berry erra o gênero e se apropria do personagem em sua entrevista. É assim que mulheres cis falam de homens trans na vida real."

No entanto, na noite de segunda-feira, Halle pareceu ouvir as críticas das pessoas e publicou uma declaração pedindo desculpas por seus comentários e prometendo usar sua voz para ajudar a diversificar a representação dentro e fora das telas.

Jesse Grant / Getty Images

"No fim de semana, tive a oportunidade de discutir a possibilidade de eu interpretar um futuro papel como homem trans e gostaria de me desculpar por esses comentários", ela começou.

Kevin Winter / Getty Images

A declaração continuou: "Como mulher cisgênero, agora entendo que não deveria sequer ter pensado em aceitar esse papel, e que a comunidade trans deveria ter a oportunidade de contar suas próprias histórias."

"Sou grata pela orientação e pelas conversas críticas dos últimos dias. Continuarei ouvindo, educando e aprendendo com esse erro", concluiu Halle. "Eu me comprometo a sempre ser uma aliada ao usar minha voz para promover uma melhor representação nas telas, tanto na frente como atrás das câmeras."

A questão sobre atores heterossexuais cisgêneros interpretando personagens "queer" e trans já está sendo debatida há um bom tempo, especialmente porque muitos conseguiram obter grande sucesso e aclamação, enquanto atores e atrizes LGBTI+ muitas vezes são excluídos.

Universal

Hilary Swank ganhou um Oscar de Melhor Atriz no ano 2000 por seu papel como homem trans em "Meninos Não Choram". Eddie Redmayne foi indicado ao Oscar por interpretar uma mulher trans em "A Garota Dinamarquesa" em 2015.

De fato, depois de ganhar um Emmy por seu papel em "The Assassination of Gianni Versace", Darren Criss chegou a dizer que nunca mais interpretaria um personagem gay porque não queria tirar a oportunidade de outra pessoa.

Kevin Winter / Getty Images

"Existem alguns papéis [queer] que são simplesmente maravilhosos", disse ele em entrevista à Bustle. "Mas quero ter certeza de que não serei outro garoto hétero roubando o papel de um homem gay."

Este post foi traduzido do inglês.

Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, que o reconhecem e identificam como um usuário único, para garantir a melhor experiência de navegação, personalizar conteúdo e anúncios, e melhorar o desempenho do nosso site e serviços. Esses Cookies nos permitem coletar alguns dados pessoais sobre você, como sua ID exclusiva atribuída ao seu dispositivo, endereço de IP, tipo de dispositivo e navegador, conteúdos visualizados ou outras ações realizadas usando nossos serviços, país e idioma selecionados, entre outros. Para saber mais sobre nossa política de cookies, acesse link.

Caso não concorde com o uso cookies dessa forma, você deverá ajustar as configurações de seu navegador ou deixar de acessar o nosso site e serviços. Ao continuar com a navegação em nosso site, você aceita o uso de cookies.